Últimos artigos arquivados
A Pátria que queremos PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 11
PiorMelhor 
Opinião

Por Carlos Alberto Da Cás*

Nesses tempos inquietos da América Latina vê-se de tudo:  vozes sensatas, divagações, teorias conspiratórias e manipulações de todos os tipos. Porém a razão persiste em sobreviver: a Terra de Colombo, como uma Fênix, sempre vem renascendo das cinzas. Afinal vemos hoje um Macri, maestro de fato, na então desafinada orquestra argentina; um Maduro agonizando  na decadente Venezuela; e uma Dilma pedalando para trás no nosso calejado Brasil. Em síntese, os fachos do então forte farol bolivariano estão minguando a cada dia. Mas nessa percepção há uma precavida ressalva: esse pessoal é ardiloso e por isso deva ser ainda observado. Basta lembrar que, mesmo com a queda do ícone da revolução socialista, a ex-URSS, entre outras tantas tragédias vermelhas, ainda persistem partidos afins no mundo, inclusive no Brasil.

 
Ponham barbas e batons de molho PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 4
PiorMelhor 
Opinião

Por Luiz Felipe Pondé, en 21 Mar 2016

Hoje quero pensar, com você, em duas questões relacionadas ao tema da corrupção da política no Brasil. Uma primeira, fruto de uma pergunta que ouço muitas vezes das pessoas, e uma outra, sobre a aposta do PT que Lulinha resolverá o problema do governo salvando todo o sistema político corrupto brasileiro, aniquilando a Lava Jato com a discreta aceitação de grande parte dos setores da oposição e do alto clero jurídico do país. Vamos por partes.

 
A PREVIDÊNCIADOS MILITARES PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Militar

Por Gerhard Erich Boehme (*) (não é militar)

No caso específico dos militares, desde os primórdios das Forças Armadas no Brasil, os militares, enquanto vivessem,recolhiam contribuições voluntárias, quer tivessem filhas ou não, para beneficiar a viúva e as filhas em caso de seus falecimentos. Esse sistema era chamado de Montepio Militar.

 
GUERRA AO MOSQUITO PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 5
PiorMelhor 
Opinião

"Se queres a paz, prepara-te para a guerra!".

Por Gen Ex Rômulo Bini Pereira*

Informações oriundas do Ministério da Defesa e publicadas em órgãos de imprensa asseguram que 200.000 militares brasileiros estão sendo empregados no mutirão de combate ao mosquito "aedes aegypti", uma verdadeira guerra segundo o próprio titular da Pasta. Para os que possuem um conhecimento do número de militares das Forças Armadas, esse efetivo anunciado é surpreendente.

 
Mundos paralelos PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 3
PiorMelhor 
Opinião

Por Carlos Alberto Da Cás*

É só ligar a TV ou mergulhar nas ondas sedutoras da internet ou  ler os principais jornais e revistas para ser, diariamente, atacado por bandos de pássaros do pessimismo. A sensação é de um mundo em extinção: geleiras nos polos minguando; nível do mar aumentando para logo engolfar cidades no litoral; o terrorismo inquietando o pretenso mundo pagão; a possível desertificação das florestas tropicais; a seca inevitável na Terra; a 3ª Guerra Mundial; a hegemonia da violência; entre tantas outras mazelas.  Enfim, parece ser a perdição do Mundo. Essa avalanche de tragédias cotidianas provoca as mais diversas reações e propostas de soluções.

 
Atração fatal pelo dinheiro está levando Santana à cadeia PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 3
PiorMelhor 
Opinião

Por Carlos Newton

O jornalista e marqueteiro João Santana e sua mulher Mônica Moura caíram nas malhas da força-tarefa da Lava Jato apenas por ganância. Espantosamente ricos, não tinham a menor necessidade de sonegar impostos, receber pagamentos e propinas ilegais e tentar esconder das autoridades brasileiras a criação da empresa offshore Shellbill Finance S.A., localizada no paraíso fiscal do Panamá. A impressionante cobiça por dinheiro acabou se tornando o ponto fraco de um casal altamente vitorioso, que já faturou a invejável quantia de R$ 229 milhões somente com o PT, desde que começaram a trabalhar na empresa Polis Propaganda e Marketing, que tem os dois como sócios a partir de 2001.

 
As lágrimas do crocodilo havaiano PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 6
PiorMelhor 
Opinião

Por Marco Antonio dos Santos, militar, empresário e professor

De algumas semanas para cá, redes de televisão, em especial uma de maior audiência em alguns horários nobres, graças a novelões por meio das quais intenta implantar uma nova ordem social, têm explorado subliminarmente o assunto proibição de armas de fogo.

 
Realiza-se o projeto de se equiparar Brasil à Venezuela PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Política

FMI responsabiliza os dois países pela recessão nos indicadores da América Latina, e assim une chavismo e lulopetismo, ideologias aparentadas

Editorial do Jornal OGlobo de 26 Jan 2016

Com sólidos motivos, o Brasil se firma, na América Latina, como um dos casos mais graves na onda de desaceleração econômica que atinge a região. Dado o tamanho do país, a média da evolução do PIB do continente é negativa: de acordo com o Fundo Monetário Internacional, há uma retração prevista para este ano de 0,3%, idêntica à verificada em 2015. Os 3,5% negativos do Brasil em 2015 e a repetição de dose semelhante neste ano são muito responsáveis pelo mau desempenho.

 
A malandragem populista PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 7
PiorMelhor 
Opinião

Por Carlos Alberto Da Cás*

Schopenhauer em seu livro "Como vencer um debate sem precisar ter razão" fala sobre erística: o estudo sobre a arte de discussão contenciosa, com o uso de instrumentos de dialética. Essa malandragem filosófica deixa de lado as regras de ordem ética, prejudicando a isenção ou o debate confiável.

 
O presépio da doutora Dilma PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 3
PiorMelhor 
Opinião

Por Elio Gaspari no GLOBO, em 27 Jan 2016

O Conselhão que se reúne amanhã é um retrato da capacidade do governo de viver no mundo da sua fantasia

O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social foi criado em 2003 e é composto por 90 membros. Para a reunião de amanhã, dois titulares tiveram que ser substituídos, pois Marcelo Odebrecht e José Carlos Bumlai estão na cadeia. Também estão trancados o ex-conselheiro João Vaccari Neto e José Dirceu, que assinou o ato de criação do organismo. É difícil imaginar outro grupo de 90 pessoas com semelhante desempenho. Para se ter uma ideia do que significa uma porcentagem de 2% de presos, vale lembrar que a taxa de brasileiros encarcerados para cada cem habitantes é de 0,3%.

 
«InícioAnterior12345678910PróximoFim»

Página 1 de 112
Free premium joomla themes designed by Lonex.